Rossana Appolloni – Blogue

SER O AUTOR DA PRÓPRIA VIDA

©rossana_appolloni15

A vida é uma tentativa constante de nos tornarmos verdadeiros autores da nossa história, sermos livres nas nossas escolhas, tal como quando um escritor escreve um livro e decide, livremente, o que fazer com a narrativa. No entanto, ao tentarmos fazer isso, encontramos obstáculos e refugiamo-nos com alguma facilidade no sentimento de que não somos nós quem criou as nossas vidas. Sentimo-nos conduzidos pelas normas culturais, pelas expectativas da família, pelas necessidades sociais, etc. Por outro lado, somos animais com consciência, não nos limitamos a existir. Temos uma relação com o que acontece ao nosso redor e com os outros, através de uma identidade que não nos é dada mas que somos nós que construímos, na sequência do que pensamos e do que sentimos. No fundo, fazemos uma espécie de bricolage: somos artistas sem começarmos do zero, pois não nascemos com uma folha em branco para escrevermos a nossa vida. As matérias de base são-nos presenteadas, o que significa que grande parte da nossa vida é-nos dada sem a termos escolhido: a nossa família, o país, a condição social, o sexo, a beleza… o resto é construção. A nossa situação existencial é a de construir as nossas vidas com base em materiais pelos quais não houve opção, tal como um artista que é obrigado a trabalhar com determinados materiais para a sua criação.

Onde está então a nossa liberdade? Onde está a capacidade de nos tornamos pessoas diferentes? Está na possibilidade de construirmos o que quisermos com esses materiais. A nossa missão é transformarmos esta história numa obra na qual experimentamos verdadeiramente o que somos, isto é, tornamo-nos autores das nossas vidas, mesmo que não tenhamos sido nós a começar a história. Não vale a pena viver na frustração dos materiais que não temos, pois quanto a isso não há nada a fazer. Mas dentro do que temos, há possibilidades infinitas de criarmos histórias únicas e admiráveis: a de sermos nós próprios!

Texto: Rossana Appolloni / Ilustração: Sílvia Neto Gonçalves

Deixar uma resposta

Siga o meu Blogue

Pode manter-se actualizado e receber no seu e-mail todos os novos artigos do meu blogue.

Junte-se aos outros seguidores: